Matriz de Origem/Destino real de deslocamentos de pessoas elaborada a partir de Big Data da telefonia móvel

A Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura apresenta este trabalho, que entendemos ser um marco sem precedentes no transporte nacional. Em trabalho inédito, desenvolvido em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), foi desenvolvida uma matriz de origem-e-destino de deslocamentos de pessoas pelo transporte aéreo e não aéreo (transporte terrestre, aquaviário e outros) no país com base nos dados de telefonia móvel por meio de Big Data. O trabalho foi desenvolvido para se compreender a verdadeira origem e destino dos viajantes.

Este trabalho é passo evolutivos dos estudos que a SAC produz, no sentido de entregar estudos ao setor de aviação civil para aprimorar o processo de formulação de políticas públicas dentre outros produtos. Na versão mais primitiva, foi realizado uma pesquisa em parceria com a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) durante o ano de 2014 que promoveu 150 mil entrevistas em 65 aeroportos que são responsáveis por 98% da movimentação aérea do País.

A pesquisa O Brasil que Voa possibilitou a identificação do comportamento dos passageiros com valiosos dados quantitativos e qualitativos. Passo seguinte foi estudo acerca a Projeção de Demanda 2017-2037 que possibilitou identificar possíveis gargalos na infraestrutura a partir de expansões econométricas de crescimento e demanda das cidades baseado em dados históricos, e foi a base para o Plano Aeroviário Nacional – PAN – 2018-2038 , que é a ferramenta-referência de planejamento mestre estratégico para a aviação civil, conforme preconizado pela ICAO e pela legislação brasileira. Além da Matriz OD aqui apresentada, há a expectativa de se usar estes dados na atualização do PAN para o período 2020-2040 mesmo no cenário desafiador de pandemia mundial que se apresenta.

Este trabalho vem, antes de mais nada, jogar luz à compreensão de como as pessoas realmente se deslocam neste país continental numa amostra nunca antes coletada e estudada. O resultado permite a identificação de rotas potenciais para o transporte aéreo, estudo este feito em conjunto com a Universidade de Brasília (UnB). Permite ainda o desenvolvimento de um planejamento integrado dos modos de transporte, uma alocação mais eficiente de recursos e a elaboração e implementação de políticas públicas mais assertivas para o setor.

É intenção do Ministério da Infraestrutura que seja amplo o conhecimento das informações aqui divulgadas de forma a aprimorar e inspirar a todos para um novo patamar de planejamento no Brasil. Independente do contexto, este trabalho nasceu do pensamento que seja essencial que o setor público e a iniciativa privada tenham conhecimento do mercado para planejar, investir ou operar com segurança, eficiência e qualidade, de forma a permitir um crescimento economicamente sustentável e o beneficiado seja, ao fim, a população brasileira.

Dados e recursos

Informações Adicionais

Campo Valor
Fonte https://horus.labtrans.ufsc.br/gerencial/#MatrizOd
Autor Coordenação-Geral de Planejamento, Pesquisas e Estudos da Aviação Civil
Mantenedor Departamento de Planejamento e Gestão da Secretaria Nacional de Aviação Civil
Última Atualização Agosto 28, 2020, 14:37 (BRT)
Criado Agosto 28, 2020, 12:08 (BRT)